COMO PROTEGER SUA CLÍNICA DE ATAQUES VIRTUAIS

Compartilhe com os Colegas...
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

ATAQUES VIRTUAIS

Nos últimos anos nosso Suporte Medware testemunhou ataques de criminosos virtuais aos computadores de nossos clientes. Em todos os casos os crackers, como também são chamados os criminosos virtuais, transformam o banco de dados do sistema em arquivo ilegível (criptografar) e depois pedem recompensas para tornar o banco de dados legível (descriptografar) novamente. Estas recompensas geralmente são em dinheiro virtual ou transferência bancária. Estes ataques são chamados de Crimes Virtuais ou Crimes Cibernéticos.

No Brasil, existe uma Lei que tipifica este tipo de ataque como crime passível de punição, trata-se da Lei 12.737/12, também conhecida como “Lei Carolina Dieckmann”.  O Artigo 154-A desta Lei diz o seguinte:

Art. 154-A.  Invadir dispositivo informático alheio, conectado ou não à rede de computadores, mediante violação indevida de mecanismo de segurança e com o fim de obter, adulterar ou destruir dados ou informações sem autorização expressa ou tácita do titular do dispositivo ou instalar vulnerabilidades para obter vantagem ilícita:

Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, e multa”.

Embora exista uma lei que prevê punição para quem pratica este tipo de crime, tal prática tem aumentado bastante nos últimos anos.

E diante do grande aumento dessas práticas, o melhor a se fazer é prevenir. Para isso selecionamos algumas medidas que as clínicas devem tomar para que não sejam vítimas deste crime que causa enorme transtorno:

  • Mantenha sempre seus computadores com sistema operacional atualizado;
  • Compre um bom antivírus, não utilize antivírus grátis pois eles não oferecem uma proteção adequada para empresas;
  • Não baixar arquivos enviados de e-mails desconhecidos;
  • Acesso a redes sociais em computadores da clínica devem ser evitados;
  • Faça formatação dos computadores pelo menos 02 vezes ao ano;
  • Senhas de acesso ao sistema devem ser memorizadas, não devem ser anotadas em papeis para que fiquem expostas e de forma alguma compartilhada com outras pessoas.

Todas estas medidas juntas diminuem significativamente as chances de uma clínica ser vítima de crimes virtuais, entretanto a forma mais eficiente de prevenção é a realização de Backup.

Com o backup todos os dados do sistema estarão a salvo mesmo que a clínica seja vítima de um ataque virtual.

O Medware Clínicas possui um mecanismo de backup muito eficiente e que garante a continuidade do serviço nas clínicas mesmo que aconteça um ataque virtual. Com o Medware Firebird Backup o cliente pode configurar o sistema para fazer backups várias vezes ao dia em até dois locais de destino diferentes conforme mostra a imagem abaixo.

Recomendamos que os destinos escolhidos para serem feitos os backups sejam HD’s diferentes do HD onde o Medware Clínicas está instalado, pois mesmo se o HD onde o sistema está instalado seja danificado, os dados do banco estarão a salvo.

José Wennas Lima Oliveira
Analista de Suporte Medware